• Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page

© Cantinho do Azeite. 

Satisfação Garantida.Mais de 5.000 entregas realizadas

Pague com segurança no Cartão, depósito ou boleto

Monte Athos - Grécia - A montanha sagrada

O Monte Atos  é uma montanha e península na Grécia. É patrimônio mundial da UNESCO, constituindo-se também como entidade política autônoma da República Helênica, governada por um Conselho Teocrático da Igreja Ortodoxa Grega. Na atualidade, os gregos usam a expressão "Montanha Sagrada" para se referir ao Monte Atos.

O Monte Atos abriga vinte mosteiros greco-ortodoxos sob direta jurisdição do patriarca de Constantinopla. O nome oficial da entidade política é Estado Monástico Autónomo da Montanha Sagrada (em grego Αυτόνομη Μοναστική Πολιτεία Αγίου Όρους). Esta Região, Província ou Território Dependente da Grécia possui 1118 habitantes, aproximadamente.

 

O monte está situado na península da Calcídica, a 100 km a sudeste da cidade de Tessalónica e é habitado por cerca de 1500 monges ortodoxos distribuídos em vinte mosteiros principais de diveros portes e estados de conservação. Cada um destes mosteiros elege seu próprio superior e os representantes para a Santa Assembleia, que exerce o poder legislativo em todo Monte Atos.

 

 

 

O Monte Athos é o segundo local de peregrinação religiosa mais importante, depois de Jerusalém, para os mais de 300 milhões de cristãos ortodoxos em todo o mundo.

A única forma de chegar ao Monte Atos é por barco, partindo da cidade de Ouranoupoli. Tratando-se de um território habitado por monges, só podem entrar homens e animais do sexo masculino.

 

Este pequeno enclave abriga preciosos tesouros artísticos: antigos manuscritos, ícones e afrescos pintados pelos mais ilustres representantes da pintura bizantina. Desde suas origens, a Montanha Santa hospedou místicos e mestres espirituais cujos escritos foram recolhidos no século XVIII numa célebre antologia - a Filocalia - que influenciou profundamente o mundo ortodoxo.

 

Lar tradicional dos monges russos, foi o teatro principal da controvérsia dogmática de Imiaslavie durante o início do século XX.

A região autônoma de Montes Atos, de acordo com o decreto aprovado pela Comunidade Santa em 3 de outubro de 1913 e de acordo com os tratados internacionais é considerado parte do Estado grego. O decreto declarou que a Comunidade Sagrada reconhecia os reis da Grécia como soberanos legais e "sucessores no monte" dos "Imperadores que construíram" os mosteiros e declarou seu território como pertencente ao então Reino da Grécia.

 

Neste local isolado os monges e também eremitas levam uma vida parada no tempo, Vivem da agricultura e da pesca num regime de quase autossuficiência, Produzem vinho e azeite que algumas empresas levam ao mundo ocidental.

 

Na atualidade o Monte Athos está constituído por vinte monastérios pertencentes às diversas igrejas ortodoxas nacionais, ainda que predomine as de procedência grega. Os monastérios estão sob a direção de um abade, chamado higúmenon, quando são de vida comum; os demais são governados por um Conselho de Anciãos. Existe ainda as chamadas Skites, estabelecidas dentro de cada monastério, fundações menores com maior ou menor dependência do monastério. E logo, as grutas dos eremitas onde habitam os três monges em comum. Todavia, podem ver-se eremitas, monges peregrinos e mendicantes. O Governo fica assegurada por um Conselho composto por vinte delegados dos vinte monastérios, e divididos em cinco comitês que dirigem, por turnos, os negócios ordinários.

 

As visitas ao monte athos são feitas a partir de Ouranoupolis, uma cidade no inicio da pensinsula com infraestutura turística que organiza passeios por marititimos em volta de monte athos e realiza paradas para visitas.

 

Para tentar visitar o local, é preciso ser homem e entregar uma cópia do passaporte ao Bureau de Peregrinos do Monte Athos. Todos os dias, apenas 100 fiéis ortodoxos e 10 não ortodoxos são admitidos para uma estadia de três noites em um dos 20 mosteiros da península.

 

A loja online https://mountathos-eshop.com/ e dedicada a venda de diveros produtos elaborados nos monaterios, vinhos, azeites e pastas.

 

A  empresa Tsantali  possui vinhedos em monte athos e há pelo menos uma empresa dedicada a comercializar os azeites da região produzidos pelos monges.  O Azeite 100% Grego aromático Monthe Athos é elaborado pelos monges do Mosteiro de Chromitsa. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Cantinho do azeite possui m omote athos com ervas 750ml                                                                      mosteiro de  Chromitsa.

veja no site

 

 

Fonte

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-36394887

https://pt.wikipedia.org/wiki/Monte_Atos

https://www.ecclesia.com.br/athos/

Mosteiro de São Pantaleao